domingo, setembro 16, 2007

Poema

Cigana Esmeralda
Cigana bonita
da pele morena
com seu cabelo comprido
e sua boca vermelha
envolve com sua dança
e fascina com sua voz

Sentada à beira da fogueira
com uma taça de vinho na mão
A cigana descansa para logo dançar

Linda e faceira,rodopia sua saia
balançando seu lenço e balançando seu xale

Com muita sabedoria,ela lê sua mão
Com sinceridade diz a verdade
Bela cigana dos olhos de esmeralda

Lê sua sorte por amor e com amor
Enche de vida seu caminho
Pode abrir ou fechar
As portas do destino

Sua estrada é trilhada com fé,sabedoria
Amor e muita alegria
Cigana Esmeralda
Um ponto de luz no caminho!
(poema enviado p/minha amiga Daniela)

2 comentários:

Daniela disse...

Lu, adorei que tu colocou o poema que fiz pra cigana.
Te adoro muito.Um beijo no teu coração.Dani

Márcia Elisa disse...

Muito bonito o poema! bjs Márcia Elisa